{ Florescer } : Sejam bem-vindos ao Florescer

Sejam bem-vindos ao Florescer

|| ||

São exatamente oito horas da noite, em uma plena quinta-feira  um tanto quanto monótona, da qual eu deveria ter ido para a escola, porém, a gripe não me permitiu cumprir a rotina. Está frio, me encontro encostada na cabeceira de minha cama, tentando me esquentar com apenas(sim, apenas) três cobertas,e ao meu lado, uma xícara de café, para esquentar a alma.Como sou mal educada! muito prazer, meu nome é Vitória, tendo um ódio eterno pelo meu nome, prefiro que me chamem de Vi, ou Viki, nascida em uma pequena cidade no estado de Santa Catarina, no meio de seus quatorze anos.E o quê estou fazendo no momento? boa pergunta! tentando recomeçar a minha vida, talvez, voltando á escrever, voltando ao meu cantinho não muito secreto, que entre inúmeras tentativas, ambas falharam, sempre acabavam me descobrindo, talvez por isto me afastei. Resolvi criar este blog para ter de volta o que eu sempre quis, um lugar só meu, onde posso me expressar sem ser criticada por pessoas a minha volta, para parar de escrever em folhas soltas de meus cadernos de colégio, para me sentir bem comigo mesma.Confesso que nesses meses que me afastei da blogosfera, senti falta de alguém que me ouvisse sem me questionar, de um local fixo para desabafar. 


Pareço ser arrogante e ignorante, de acordo com muitas pessoas, então, me desculpem por passar essa má impressão, ignorante ás vezes, bem raramente, mas arrogante, nunca. Sou bem tímida, talvez nem tanto, se comparar com alguns meses atrás, aparento ser bem mau humorada, mas só aparento mesmo, as vezes falo sozinha, se isso é normal? não, não é, mas tudo bem.Me considero uma pessoa bem sensível e sentimental, principalmente quando se trata de um maldito sentimento, chamado amor, mas é normal, não? um pouco fria, talvez por ter me ''machucado'' tanto, a frieza veio de brinde com as dores, mas nada que não se resolva com uma porção de amor verdadeiro, do qual está me sustentando há três meses não ajude.Costumo escrever vários textos, alguns acabo guardando para mim, outros vão para o lixo, e os melhores, vão para pessoas especiais, sempre me disseram que é mais fácil demonstrar o que sente por atitudes do que com palavras,para mim, sempre foi o contrário, prefiro me expressar com palavras, textos, frases, e afins, demonstrar com atos sempre foi meio..desastroso.Então,sou apenas uma garota feliz, da qual se expressa com textos, um tanto quanto calada, da qual prefere gastar seu tempo livre ouvindo música e lendo livros, que pegou gosto pela leitura apenas este ano, me arrependo muito disto, ler é tão bom! em média, devo ler quatro ou cinco livros por mês.

O intuito deste blog é ser um diário, do qual eu guarde o link em algum caderno ou local importante, e achá-lo daqui há alguns anos, para dar boas risadas com a quantidade de besteiras que escrevia, para me orgulhar da pessoa que eu era, ou para apenas matar a saudade dos tempos que eu era mais nova, desde que seja algo que relembre esta fase meio turbulenta da minha vida, onde recentemente descobri o significado de cada sentimento que ouvia falar quando mais nova, e que a vida, não é como nos contos de fadas, ou filmes, que quando erramos algo, não podemos refazer a cena novamente, que não é tudo perfeito, vivemos em um local onde nosso filme é feito de improvisos, se deu errado, não podemos voltar atrás, o que nos resta é levantar a cabeça, enxugar as lágrimas, e seguir em frente.
Sobre o layout:
Inicialmente, ele não teria tema algum, porém, encontrei aquele png maravilhoso da Mayuri, do qual não resisti em colocá-lo no blog, inclusive as cores da personagem combinaram com as cores do layout. Faz quase oito meses que não faço layouts, então me desculpem se este não ficou muito bom, dei o meu melhor nele, não deixando é claro a simplicidade de sempre(da qual creio que já virou  marca registrada minha) com cores claras, poucos itens na sidebar para não ''poluir'' o layout, e afins.Porém, eu realmente gostei dele, espero que gostem também

33 comentários

  1. Oie oie Viki, tudo bom?
    Acho o nome Vitória lindo, especialmente porque Tori pode ser apelido, e eu amo Barbie ´se não entendeu, é que a princesa de A princesa e a Popstar se chamava Vitória, mas a chamavam de Tori. Ai desculpa ç.ç). DEIXA EU TE CHAMAR DE TORI? É que eu gosto de dar apelidos especiais, os quais só eu use. Mas até que diga que posso, ou que não posso, te chamo de Viki ;3;
    Se minha memória não me falha, eu já te conheço, não de forma *uma palavra melhor do que profunda*, mas por alto.
    Me abraça que eu me vi nesse *vai contar o número do paragrafo* segundo paragrafo ;a; Tia coelho costuma dizer que: A diferença entre o falante e o escritor, é que o falante usa as palavras, enquanto o escritor se torna amigo delas. Bem, a senhorita me parece se encaixar no "escritor".
    Eu gosto muito de escrever, e uso dessa tática para desabafar e fazer os outros sofrerem, porque eu sou dessas. Não, mentira. É que eu normalmente só sei escrever desastres ;a; Triste, não?
    Também peguei o hábito de ler a pouco tempo, mas, não importa o quanto tempo que se lê, mas sim ler. É maravilhoso <3
    Eu amei o nome "Florescer", é tão simples, bonito, e...hum...poético. Como se aqui florescesse poesia. E gostei muito do layout, é fofo, e carrega tão rapidinho <3 ISSO É MARAVILHOSO!
    Seja bem vinda de volta, você e o seu diário, e que consiga se divertir aqui, e de certa forma, ser feliz com as pessoas que irá conhecer <3
    PS: Antes que me esqueça, como já ia me esquecendo, eu gostei muito da sua forma de iniciar a apresentação, eu não me lembro de ter visto algo assim, e estou *envejada* com a sua criatividade.

    RaW - Lê-se como o rugido de um leão [rabbitsandwolfs.blogspot.com.br/]

    ResponderExcluir
  2. Olá amor, que postagem linda! Seu nome é o mesmo que o da minha irmã por isso não aceito que fale que não gosta dele em. Onde você mora deve ser bastante frio para esse tanto de cobertas que você acha que é pouco e eu acho um absurdo! Sobre essa questão de usar o blog para se expressar melhor eu também sou assim, sempre uso o blog para falar de algo que a sociedade talvez me jugaria ou acharia um assunto bobo.
    Ahhhhhhhhhhhh como eu amo escrever, eu amo ler postagens interessantes que deixam o autor envolvido até o último fio de cabelo, é maravilhoso ver que alguém além de Deus me entende. Eu sempre leio coisas novas, procuro livros novos, sou uma amante do livro.
    Eu achei você um amor e tenho certeza que vai se encontrar por aqui.
    Sobre esse layout eu achei maravilhoso, eu já usei essa sua fonte do titulo da postagem várias vezes porque eu comprei ela por um preço que eu me arrependi de ter dado, mas eu amo ela e sempre vai ficar guardada comigo. Eu dei ela para uma menina de um grupo do wpp, pode ser que seja você ou sei lá.
    Adorei tudo por aqui, estou apaixonada! Parabéns!
    http://whereve-r.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oláááaa viki, o nome da minha bff é vitória também e por algum motivo sempre chamei ela de Vick o que não faz sentido já que o nome dela não é viCKitória -q Então provavelmente vou acabar te chamando de vick por costume mesmo, então ignore .q ♥

    Você me parece o tipo que vai acabar se tornado escritora, você escreve super bem <3 Tudo está me parecendo simples e bonito tanto o layout quanto o welcome é super agradável. Eu lembro que em 2014 te mandei o link do meu blog no chat ç;ç só não me lembro porque. Acho que você queria conhecer blogs ou algo do tipo diahdoisahdsa. Blogosfera é realmente incrível pra quem quer desabafar sem ouvir criticas e tals, isso deve ser uns dos maiores motivos paras pessoas estarem criando cada vez mais blogs.
    Enfim, boa sorte nessa volta pra blogosfera espero que seu blog dê super certo ♥
    Tiau
    {Survive} ♦ s-urvive.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Vitória poderia ler isso aqui: (http://imaginary7numbers.blogspot.com/). E sim sou eu a pessoa que tipo, te magoou mais que tem algo a dizer, por favor leia tudo bem? No final tem meu email caso queria dizer algo. Só peço que leia, tipo é muito importante, eu acho.

    Feliz natal.

    ResponderExcluir
  5. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  6. Esquece, vou mandar por aqui mesmo, espero que vá, mas ainda assim pode dizer o que quiser no Facebook, ele ainda está lá, pelo menos hoje...

    Eu assisti Azul É A Cor Mais Quente, e vim escrever isso só para não dizer que não assistir, e obrigada por ter me indicado o filme (por ter me forçado a assistir o filme, na verdade).

    Eu fui assistir jurando que Emma e Adéle ficariam juntas, no final vemos claramente o que acontece com vários casais, e eu li vários comentários, alguns dizem que se Emma ainda estivesse com seu cabelo azul, tudo teria continuado perfeito, outros dizem que Adéle é carente, outros que é um filme horrível, seis minutos só de sexo, qual é, eu queria dizer: seus pais levaram mais tempo que isso para fazer você. Seria grosseiro demais, enfim, a questão é: o amor das duas foi retratado com seus altos de baixo, elas experimentaram mergulhar na alma uma da outra, e isso foi lindo de assistir. Embora eu tenha colocado ele na minha lista pessoal de filmes que eu não assistiria de novo, ele é lindo, adorei a fotografia e a atuação em si, mas me faz lembrar de como o amor pode ser cruel, de como o tempo consegue desgastar as coisas.

    Eu fiz uma lista, a sua lista, de tudo o que você sempre vai significar para mim, todas as pequenas coisas que eu amo e que vão sempre me levar direto a você, mesmo que em pensamento. Vamos começar por Asleep, The Smiths, minha banda e música preferida (pois é, Maroon 5 não é mais), um livro... seria Amy & Matthew e As Vantagens de ser Invisível, porque eu me senti infinita ao seu lado, eu me senti, na verdade, diversas vezes. Cor, vermelho, por que é uma cor intensa, que nem você. Planeta, diria que Plutão (mesmo não sendo mais um planeta, btw), por ser distante e enigmático. É uma lista boba, mas eu tenho ela comigo faz tempo, a última coisa que me lembra você é a trilha sonora de 500 days of summer. Vale apena ouvir (tem no Youtube).

    ResponderExcluir
  7. Quando eu te escrevi aquele primeiro texto, estava sendo sincera quando escrevi: "Tudo chega ao fim, não mesmo? As pequenas coisas da vida acabam se tornando o motivo pelo qual sorrimos. Eu queria que soubesse que eu nunca nutri sentimentos ruins por você, tais como ódio, pois é algo que eu não consigo ter em meu coração e mesmo que a gente não se fale mais, eu ainda espero que esteja bem. Então que em 2016 você possa descobrir novas coisas e ser feliz, de verdade. Acredito que aí em Santa Catarina deva ser bem mais legal do que aqui. E voltar assim não foi com a intenção de te fazer chorar, e sim para te dizer que você é uma pessoa de coração bom, e que merece ser feliz. De verdade"

    Nota; SANTA CATARINA IS THE BEST. Eu ODEIO o lugar aonde eu moro, sério.

    Escrevi também que não desejava sem mal, em momento algum eu desejei. No Domingo eu recebi uma péssima noticia, se quer saber eu não iria te contar naquele dia, mas no dia seguinte, era algo que eu não queria contar porque é... difícil de de explicar. Eu estava com vergonha demais. Digamos que agora eu não tenha tantas esperanças que eu vá, de fato, um dia morar em outro lugar, talvez eu me torne uma professora de português que divide sua vida entre lecionar e se entupir de remédios. Eu li ontem algo sobre o amor, e eu vi que eu não sei nada sobre o amor, absolutamente nada. O amor pode acabar, morrer, desbotar-se pouco a pouco até que não sobre mais nada. E talvez isso tenha acontecido com a gente. Pelo menos comigo eu sinto como se ele tivesse desbotado, e tudo o que restou aqui comigo é um carinho por você, não amor, mas carinho, isso significa que eu vou te guardar comigo para sempre e eu li no seu Instagram aquela citação de Azul É A Cor Mais Quente; assisti o filme, hoje, mas assisti, e só tenho que dizer uma coisa (o comentário a seguir não é meu, porém, descrever o que eu achei do filme):

    O fim é o motivo principal que me faz achar a história tão verdadeira e bonita: como na vida, nem sempre temos uma segunda chance e poucos amores sobrevivem ao tempo. Primeiros amores são intensos, íntimos e marcam nossas vidas, mas sempre acabam se desgastando com a rotina e sendo perdidos. Apesar de ter desapontado muitos por não ter um final romântico das duas juntas, o filme é verdadeiro e, portanto, bonito.

    ResponderExcluir
  8. Você tinha razão, eu não deveria ter voltado. Mas não teve um dia sequer em que eu não fosse escovar os dentes, comer ou assistir Tv Senado (pois é, eu vejo, é estranho, eu sei, pois bem, enfim) em que eu não pensasse em você. Acho que ambas se tornaram dependente demais uma da outra. Isso não é legal, não mesmo. E eu vim aqui dizer que você é incrível, suas fotografias estão evoluindo, sua escrita é bem melhor do que a minha, e eu fico feliz em saber que você quer beijar, beijar muito, beijar até seus lábios doerem aquela sua atual; que ela te faça feliz, ou que você encontre alguém menos confusa do que eu. E que eu quis te mandar isso porque eu não quero ir embora sem te dizer algo, não quero ter a última palavra, eu vou te dar espaço para dizer o que quiser, se quiser, é claro, meu email (mentira, ele não é meu email, mas eu estou usando ele [é do meu tio, mas ele fez um novo, então agora é meu]) o email é: não existe, mas eu vou colocar outra forma de contato. Pois é, se quiser me responder de fato terá que acessar meu Facebook, que é este aqui (LINK) percebi que meu email tá lotado e se chegar algo eu não vou ver... e então, onde eu parei? Ah, eu queria te dizer que eu quero ser uma pessoa melhor, ou pelo menos tentar, e tentar ajudar alguém além de mim. Cagar pro resto do mundo e me assumir e tentar ser menos confusa também.

    E minha mãe e eu sempre vamos nos alfinetar, no fundo eu sempre vou ter um pouco de magoa, mas quem liga? E minha depressão que está potencialmente evoluída, não vai me matar, eu posso me matar, mas ela não me mata. Eu não quero me matar, eu quero viver e um dia ir até aquele lugar com camelos e montar em um deles. Quero desenhar algo que me lembre a minha infância e deixar na internet para as pessoas verem. Eu quero te agradecer por ter feito meus quinze anos terem valido apena, no fundo sem você eles teriam sido uma merda, te magoei, nos magoamos, enfim, já nos desculpamos o suficiente, mas mesmo assim; perdão pelo vacilo. Eu sei, já virou rotina, mas dessa vez eu vou mesmo ficar longe de tudo. E eu só vou contar para você, porque eu confio em você, e vou te contar o que houve no domingo. Vamos lá:

    1 - Situação financeira está horrível, temos que cortar gastos, veja só! Ou seja, meu tio ficou triste por mim, afinal se não é isso, eu não tenho nada para fazer. Ele disse que vai precisar tirar a internet, aliviando o bolso dele de 60 reais gastos. A empresa que fornece disse que não fica mais barato que isso e vamos ter que poupar até não aguentar mais. Mãe vai receber apenas uma visita ao mês e eu não vou mais comprar minhas Butter Toffes.

    2 - No domingo eu recebi um telefonema e disseram apenas que tínhamos que pagar tal conta (divida, na verdade, mas para tudo existe negociação), e ameaçando que iam vir aqui, etc. Nada que a gente não dê um jeito. E eu fiquei mal pensando que não teríamos como pagar, e então eu iria ver meu tio mal de novo, e eu não queria isso. Ele disse que iria tentar negociar, pagar um valor pequeno todo mês e tals. Pois é eu estou pobre, pelo menos agora eu sou uma oficialmente, não posso nem comprar as malditas Butter Toffes de 20 centavos. Pois é, eu podia ter te contato, mas fiquei com vergonha, sei lá, não sei, e eu tenho que parar de dar "oi" de maneira seca. Quem é que gosta de receber um "oi" depois de mandar um "OIIIIII"?? Ninguém, pois é.

    ResponderExcluir
  9. Bem, eu não irei voltar novamente, quero te deixar livre, deve ser uma bosta ficar me esperando, você não mereço isso, você merece um ator de Bollywood como seu marido (os caras de Bollywood são lindos, acredite) (não qualquer cara de Bollywood, alguns são bonitos outros não, é claro) e eu mereço ficar só comigo mesma para repensar sobre mim e minha vida. Eu reli aquele seu texto sobre mim e, nossa, alguém deveria te dizer para parar com aquilo porque me deixou na beira do abismo, eu queria chorar litros. Eu ainda choro, eu salvei comigo porque, bem, eu vou ficar sem internet, nunca mais vamos nos ver novamente, eu acho, e então teria como te pedir. Vou guardar comigo junto com minha lista sobre você. Vamos seguir caminhos diferentes, espero que seja feliz, pois você merece, já te disse isso um monte de vezeszzzzzzzz.

    "Peço que não me odeie, não fique com raiva de mim ou diga para suas amigas que eu sou patética por fazer isso. Estou aqui e tentando te dizer que eu me arrependo muito do que fiz, de ter te magoado. E que eu só desejo á você o melhor do mundo. E eu sei que estraguei tudo, mas eram tantos problemas aqui em casa que eu estava fora do eixo. Hoje estou feliz por poder ver o meu tio sorridente e saber que a minha mãe está estudando lá onde ela está. Eu vou fazer o nono ano de novo, em um lugar onde eu sei que não irei sofrer nada, e isso me reconforta. E se eu estou te mandando isso, é uma tentativa de te dizer que eu sou grata á você por muita coisa, por ter ficado do meu lado, ter sido minha marida por tanto tempo. Obrigada, mesmo"

    ResponderExcluir
  10. Quando eu escrevi isso que lê logo acima, eu estava chorando muito, e era natal, e tínhamos esperanças, tínhamos esperança que tudo iria dar certo, mas não deu, nunca dá, a vida é instável, e aquela menina de catorze anos ainda te pede o mesmo. Não diga que eu sou uma idiota, eu sei que no fundo eu tenho minha parte "babaca sazonal" que todo mundo ama e odeia, mas quero que saiba que eu vou passar o resto do ano sem internet, e precisava te dizer isso, algo como: "eu espero que seja feliz". Se um dia, caso você me encontre no Instagram, sei lá, o mundo nem é tão grande assim, ou caso eu te encontre, eu não iria te dizer: "oi, e aí? lembra de mim? eu sou aquela versão feminina do charles bukowsik que você teve um namoro virtual muito louco!". Eu posso olhar suas fotos, mas irei seguir em frente; porquê? Porque eu disse no começo que não voltaria mais, e não vou, se voltar é: a) sacanagem minha, porque é como cutucar a ferida; b) eu não presto mesmo; c) eu me perdi aqui, vamos começar de novo. Ficaria feliz em ver que está feliz, e só. E eu vou crescer pensando positivo em relação a você. Só desejo o seu bem sempre, e sempre. E esse texto é só o meu último texto antes da Segunda, que é quando vão cortar minha internet e eu vou perder a chance de te mandar isso. Viva sua vida, seja feliz, e quando encontrar alguém como eu, instável, fique com um pé atrás, é um conselho vindo de alguém se Sagitário. Aliás, esqueça que esse signo existe. Só quero ir embora dessa vez sabendo que não me odeia, que não vai me dizer um dia, caso me encontre, que eu fui a pior decepção da minha vida.

    Então, por favor me diga isso. Eu sempre vou ter um carinho por você, não importa se eu namorar novamente, se eu casar tiver 19 filhos (eu não quero ter filhos, mas né, 19 é um bom número) e vou lembrar de você. E então, é isso. Espero que leia isso até Segunda... desculpa por, sabe, isso, é um texto de doer os olhos. Agradeça a Mary Iris Malone, ela é como você; um mar infinito de caos e poesia. E eu me sinto grata por ter mergulhado nele.

    P.S: Mary é uma personagem do livro Mosquitolândia.

    PS.2: Eu não tô bêbada, eu juro, mas escrevi isso enquanto tocava alguma música do Raça Negra.

    PS.3: meu gosto musical é horrível, eu sei.

    ResponderExcluir
  11. De qualquer maneira, é isso, eu acho que chegou ao fim e não há motivo para voltar, eu não quero causar problemas a você, e como é meu último dia na internet antes que chegue segunda de manhã e eles cortem, eu precisava te mandar isso, mas não manda para ninguém, ok? Fica sendo algo só nosso, e... seja feliz, te desejo o melhor do mundo. De verdade.

    ResponderExcluir
  12. não lembro se mandei, mas o facebook é esse https://www.facebook.com/beatriz.anna99 se quiser, pode mandar o que quiser, se eu te escrevi, você tem direito de dar a sua resposta, não é?

    ResponderExcluir
  13. Você disse que queria me mudar, mas porquê? Não pode se mudar ninguém, sabe, quando amamos alguém, aceitamos a
    pessoa com as qualidades e defeitos; querer mudar é como dizer que a pessoa em questão não se encaixa com o
    seu tipo. Eu fiquei pensando nisso tanto, sobre querer mudar alguém, que conversei com uma blogueira por email,
    e ela disse que é errado fazer isso, querer mudar alguém. A pessoa só muda se ela quiser. Você não iria gostar se
    eu te mudasse, te remodelasse da maneira que eu acho melhor. O que nos faz únicos são os nossos defeitos e qualidades.
    Quando você disse isso, quis dizer que queria me mudar para dar certo, não é? Que sem problemas, eu seria uma pessoa
    como qualquer outra, poderia ser diferente, mas não é. Eu não posso abrir mão da minha história por ninguém, e se eu
    mudar, vai ser por mim mesma. E você também não deve mudar por ninguém, só por você mesma.

    ResponderExcluir
  14. Eu acredito que é melhor seguirmos caminhos diferente, sabe? Vai ser melhor, assim não haverá nenhum coração ferido, nem a minha alma nem a sua vão se
    torturar. Saudade com o tempo passa, a ausência de torna banal e a vida continua. Eu li isso em algum lugar, mas eu guardo comigo desde... sei lá quando.
    Você também não acha isso? É desconfortável, eu sei, você me disse, é uma "sensação desconfortável", se seguirmos em frente, essa sensação não existirá
    mais, ela só se faz presente quando eu estou por perto.

    Todos nós temos uma bagagem, é inevitável, mas no fim, nós sempre
    encontramos alguém que nos ajuda a desfazer as malas, quem disse isso foi
    Aleff Tauã. Sabe o que eu li hoje? Algo que dizia que quando vamos embora da vida de alguém, nos tornamos automaticamente estranhos. A
    pessoa que eu sou hoje, cheia de incostâncias, não vai ser a mesma pessoa daqui à um, dois, três anos. Nunca tinha parado
    para pensar nisso. Eu não quero ter a última palavra, eu não sou o amor da sua vida, e você não é o amor da minha, porém,
    nós duas sabemos que sentimos muito uma pela outra, mas como aquele comentários mesmo disse: como na vida, nem sempre
    temos uma segunda chance e poucos amores sobrevivem ao tempo. Primeiros amores são intensos, íntimos e marcam nossas vidas,
    mas sempre acabam se desgastando com a rotina e sendo perdidos. Espero que seja feliz, de verdade, que você seja feliz.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Por favor, me dá um sinal de vida, eu estrou sentindo sua falta, baka

      Excluir
    2. vale msm? bb que horror eu era mt pau no cu socorro hein
      sem ofender as manas logicamente sexo anal eh topper

      Excluir
  15. tem meu fb ainda? é esse https://www.facebook.com/profile.php?id=100012422357345

    ResponderExcluir
  16. sinto falta de você também, eu ainda me sinto desconfortável, mas é pq vc não tá aqui e conversar com vc me deixava feliz ;-;

    ResponderExcluir
  17. e se vc n ler ou se vc n sentir mais minha falta aaaaa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. tô meio bêbada mas sinto sua falta cai aqui pq tava arrumando os links do google aaaa eu fui uma fia da puta com vc cara meu deus vc merece mais tipo uma pessoa nutella saca??/ aa

      Excluir
    2. meu fb eh esse https://www.facebook.com/profile.php?id=100014058881936 se não sentir minha falta tá ok pq como eu disse pessoa nutella

      Excluir
    3. eu to na bad mas fui no teu fb seu sorriso me animou um pouco obg
      que sorrisão da porra hein oloko colgate

      Excluir
  18. BEARIZ SE VC TIVER VIVA ME DA UM SINAL DE VIDA PFV EU SINTO TUA FALTA TE AMO

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. eu sumi mas teve um motivo horrível e se quiser te conto :(( fiquei sem cara pra te mandar solicitação de novo porque perdi a senha daquele fb, fiquei mal demais e ainda tôkkkj enfim também sinto sua falta d+ te amo e meu fb é esse aqui https://www.facebook.com/profile.php?id=100019315470445

      Excluir
    2. então no posta esse aqui não eu vou explicar o que houve: então é que naquela época as coisas aqui em casa ficaram uma droga total a ponto do meu tio querer cancelar internet e a porra toda, eu fiquei desesperada e sem saber o que fazer, depressão me deixou pior do que eu já tava e tentei me matar. agora as coisas melhoraram, tipo de setembro pra cá mas fiquei sem jeito de ir falar contigo porque não queria que pensasse mal de mim ou que eu tava agindo de forma fria contigo e tals desculpa eu so paranoica sim ou claro

      Excluir